Dia Internacional dos Arquivos

Memórias Paroquiais de 1758. Relatos de Bagunte, Santagões e Ferreiró

Assinala-se hoje, 9 de junho, o Dia Internacional dos Arquivos, instituído pela Assembleia Geral do ICA (International Council of Archives) em novembro de 2007.

Os arquivos, sobretudo os históricos, assumem um papel essencial na preservação de documentos centenários que chegam até aos nossos dias, garantindo a sua correta conservação, em condições especificas que o material e as condições de conservação dos mesmos exigem.

Memórias Paroquiais de 1758

Escolhemos, para assinalar esta data, um importante documento do século XVIII, as Memórias Paroquiais de 1758, um inquérito mandado realizar a todas as paróquias do país por Marquês de Pombal, a que hoje chamaríamos de censos, com questões acerca das características geográficas, sociais, económicas, religiosas e patrimoniais dos territórios que compreendiam cada paróquia, a ser preenchido pelos respetivos párocos.

Até aos nossos dias chegaram a quase totalidade dos inquéritos, conservados no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, em Lisboa. Infelizmente os inquéritos relativos a Outeiro Maior e Parada não se conservaram até aos nossos dias, pois integravam um lote de documentos que ardeu num incêndio. Até nós, e graças à existência de uma rede nacional de arquivos históricos, chegaram as Memórias Paroquiais relativas a Bagunte, a Ferreiró e à extinta paróquia de Santagões. Deixamos aqui alguns dos dados que esses documentos nos deixam, que prometemos desenvolver com mais pormenor no futuro.

Bagunte

O documento referente à Freguesia/Paróquia de Santa Maria de Bagunte data de 20 de maio de 1758, sendo abade Luiz Freire de Couto. O cuidado preenchimento do inquérito permite recolher variadas informações. Habitavam, à altura dos inquéritos, 412 pessoas em Bagunte. Como pontos mais altos são referidos o monte das Ladainhas “do qual se descobre o mar”, e o monte da Cividade, já com esta toponímia. Cultivava-se em maior quantidade centeio e milho, mas produzem-se outras culturas em menor escala. 

São assinaladas duas feiras realizadas em Bagunte, uma a 5 de março, que corresponderá talvez à Feira do Gado atual, e outra a 15 de agosto. 
Por esta altura existiam já cinco capelas em Bagunte, a de N. Sr.ª da Ajuda, já com festa a 8 de setembro, a de Santo António de Figueiró, a de São Vicente, a de N. Sr.ª das Neves, festejada a 5 de agosto e onde acorreriam romeiros em procissão de 20 freguesias vizinhas, e ainda a capela, que entretanto já não existe, de Santa Ana, no lugar com o mesmo nome, também com festa. 

Santagões

O documento referente à Freguesia/Paróquia de São Miguel de Santagões data de 8 de abril de 1758, sendo vigário José Luís. Habitavam, à altura dos inquéritos, 62 pessoas em Santagões, distribuídas por 15 habitações.
Na sua Igreja são referidos 3 altares, um dedicado a São Miguel, outro a N. Sr.ª do Rosário e um terceiro ao Deus Menino.
[Esta Freguesia/Paróquia foi extinta e anexada a Bagunte em 1899, com a morte do último pároco de Santagões, Pe. Joaquim Fernandes dos Santos.]

Ferreiró

O documento referente à Freguesia/Paróquia de Santa Marinha de Ferreiró data de 23 de abril de 1758, sendo abade José Francisco Pereira. Habitavam, à altura dos inquéritos, 130 pessoas em Ferreiró, distribuídas por 30 habitações.
Na sua Igreja destaca-se o altar principal com a imagem da padroeira e ainda Santo António e São Francisco Xavier. Nos altares laterais, a N. Sr.ª do Rosário e o São Sebastião.

É referida, ainda, uma capela na freguesia com as imagens da Santíssima Trindade, onde se celebra Missa cantada com sermão no seu dia, isto mais de 100 anos antes da construção da atual Igreja da Santíssima Trindade.
São identificados 3 montes, o de Santa Marinha, o da “Agoladas” e o de “Achoroza”, nomes que podemos reconhecer hoje com algumas diferenças. Quanto ao rio Ave são referidos vários moinhos de particulares, sendo um pertencente à paróquia.

Legenda das fotos:
-Igreja de São Miguel de Santagões, antiga Igreja Paroquial da Paróquia com o mesmo nome, 2017; 
-Capela de Nossa Senhora das Neves, Bagunte, 2017; 
-Igreja Matriz de Santa Marinha de Ferreiró, 2017.
-Última página do documento das Memórias Paroquiais referente a Bagunte. “Nada mais sei que possa referir sobre o que se me manda dizer desta freguesia de Santa Maria de Bagunte”, seguindo-se a data já referida e as assinaturas de 3 padres, o pároco de Bagunte, o de São Martinho do Outeiro e o de São Simão da Junqueira, conforme o inquérito o exigia (3 assinaturas, do pároco e ainda de 2 párocos vizinhos). Reprodução do documento original. Arquivo Nacional da Torre do Tombo: https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=4239149


-Para consultar os documentos originais digitalizados:
https://digitarq.arquivos.pt/details?id=4238720
-Para consultar os documentos transcritos:
Silva, Bernardino Areal da. Vila do Conde e as freguesias do seu concelho nas memórias paroquiais de 1758. Guidões: sn, 2008.

Calendário de Eventos
Junho 2024
DSTQQSS
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30
Informações Úteis
O Tempo
Farmácias
Hospitais
Bombeiros
Serviços

Contactos

Outeiro Maior

Rua Aldeia Nova, 417

4480-330 Outeiro Maior

Tel. +351 252 653 099

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Bagunte

Rua da Igreja, 98

4480 -214 Bagunte

Tel. +351 252 652 107

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Ferreiró

Largo Trindade, 75

4480-250 Ferreiró

Tel. +351 252 657 510

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt

Parada

Avenida do Monte, 149

4480-340 Parada

Tel. +351 252 657 198

executivo@uf-bagunte-ferreiro-outeiro-parada.pt